jun 22 2011

Filme Meia Noite em Paris

  • Autor: admin em Cinema
  • 2 Comentários
Filme Meia Noite em Paris

O filme “Meia Noite em Paris”, sua nova comédia, leva o seu público a cidade Luz nos anos de 1920. Gil (Owen Wilson) que é um roteirista de Hollywood que visita Paris com a sua noiva Inez (Raquel McAdams), e os seus sogros.

O cineasta, roteirista, escritor, ator e músico americano, Woody Allen, exibiu fora da competição no Festival de Cannes, em maio, o filme Meia-Noite em Paris. No entanto, foi ovacionado pela plateia francesa (compreensível), pois neste filme ele presta uma reverência à cidade bem mais efetiva do que as vista em Londres e Barcelona, onde filmou recentemente.

Na verdade, Gil é um escritor frustrado e que está infeliz com o seu trabalho que considera medíocre, por isso, ele que se lançar como romancista e vê o seu sonho se tornar realidade visitando a Cidade Luz, pois ela será o pontapé inicial para a sua criatividade desabrochar e ele fazer sucesso.

O roteiro preferido da noiva e dos sogros são as compras, passeios e restaurantes, mas Gil prefere caminhar por Paris para estimular a sua criatividade. Porém, é numa dessas escapadas que ele será levado ao encontro de figuras como Pablo Picasso, Cole Porter, Ernest Hemingway entre outros tantos nomes importantes que o ajudarão escrever a história do século 20 na música, literatura, nas artes plásticas e no cinema.

O badalar dos sinos a meia noite é o portal para essa inusitada viagem no tempo. Quando o badalar dos sinos toca doze vezes, Gil embarca em um carro antigo e a cada madrugada, ele tem uma surpresa. Como ter um romance copidesco por Gertrude Stein (Katry Bates) e se descobrir apaixonada por Adriana (Marion Cottilard), muda de Picasso e Modigliani.

Confira o trailer:

O roteirista alterna entre o mundo real e o fantástico, no entanto, toda vez que ele volta ao mundo real desencanta cada vez mais. Porém, isso é a tradução ao desprezo irônico de Allen pelo americano médio, simbolizado no sogro branco, na sogra consumista, na noiva deslumbrada e por intelectuais pedantes. Vale lembrar que dá para conferir no filme a primeira atuação no cinema da primeira dama da França, Carla Bruni, que faz uma conta como guia de um museu.

Portanto, podemos concluir que Allen quis por meio deste filme homenagear a época dourada de Paris, e é claro sempre analisar os seres humanos, pois os seus filmes são sempre baseados em Freud.

Escrito por Fernanda Borba

TAGS:


2 Comentários:

Trackbacks

  1. Óculos de Sol diz:
    Show! Adoro todos os filmes com este ator.
    junho 24th, 2011 às 9:45 am
  2. mariane diz:
    Esse filme é muito chato que graça tem.
    julho 1st, 2011 às 1:27 pm

DEIXE UM COMENTÁRIO

Subscrever

Subscreve o Blog



Publicidade

Comentários Recentes

  • Jefferson Ferreira de brito: eu quero muito
  • thiago valente: Eu quero um para mim
  • Lucas martins balieiro: Eu não fiz o enem mesmo assim eu posso me inscrever no site essa é minha dúvida, só queme...
  • Francisca Marli Oliveira: quero saber quanto tenho no meu fgts
  • Santiago ribeiro de oliveira: Eu tô com carteira registrada eu tenho direito

Links

Leitores Recentes

VALE O CLIQUE!

Site Seguro Ocioso

Divulgue o blog Infomaroto em seu site e tenha seu link ou banner aqui.
Blog Infomaroto